Quem Somos

A Academia Brasileira de Ciências Contábeis – ABRACICON é uma instituição nacional sem fins lucrativos ou econômicos, com sede instalada na cidade de Brasília, Distrito Federal, que tem como objetivo promover, divulgar e valorizar atividades que contribuam para o desenvolvimento e estímulo ao conhecimento filosófico, científico e tecnológico da Contabilidade.

Foi formalmente constituída em 18 de novembro de 1980 na cidade de Curitiba, estado do Paraná, na ocasião do 11º Congresso Brasileiro de Contabilidade, tendo como presidente fundador, o ilustre e saudoso Contador Ivo Malhães de Oliveira.

A Academia é constituída por 80 acadêmicos, representando todo o Brasil e reunindo uma elite cultural cuja maioria é composta por mestres, doutores, escritores com currículos de alta expressão e autores de obras famosas e premiadas internacionalmente. Alguns são também detentores da medalha de ouro “João Lyra” – a mais alta insígnia profissional outorgada pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC.

Com seu nome amplamente ligado à história da Contabilidade, o Contador Prof. Ivo Malhães de Oliveira foi o primeiro a presidir a ABRACICON, merecendo destaque por sua marcante presença do idealismo e da vontade de servir à classe contábil brasileira. Em decorrência do seu falecimento em 1º de março de 1997, realizou-se aos 14 dias do mês de agosto de 1997, em Belo Horizonte, uma Assembleia Geral onde, por unanimidade, decidiu-se eleger para presidente outro expoente da Ciência Contábil, o Contador Prof. Antônio Lopes de Sá, ocupante da cadeira nº 13, o qual encerrou sua brilhante contribuição em 1º de maio de 2004 para dedicar-se a seus estudos e teses contábeis.

Em seguida o Contador, consultor de empresas e professor Prof. Antoninho Marmo Trevisan, acadêmico detentor da cadeira nº 41, assumiu a ABRACICON, presidindo a entidade por cinco anos.

Em 2009, a contadora alagoana Maria Clara Cavalcante Bugarim foi eleita Presidente da Academia Brasileira de Ciências Contábeis. Maria Clara é, atualmente, acadêmica e patrona da cátedra nº 18, e sua gestão se estende até o ano de 2021.

Os passos Iniciais

A Academia Mineira de Ciências Contábeis foi a primeira a ser constituída no País durante o V Congresso Brasileiro de Contabilidade, do ano de 1950, em Belo Horizonte, Minas Gerais, visando arregimentar estudiosos que pretendessem dialogar e que já tivessem trabalhos literários e culturais produzidos.

Ivo Malhães de Oliveira

Gestão 1980 a 1997

Antonio Lopes de Sá

Gestão 1997 a 2004

Antoninho Marmo Trevisan

Gestão 2005 a 2009

Maria Clara Bugarim

Gestões 2009 a 2021